REFLEXÕES SOBRE O DIA DAS MÃES

momy-hugs

troco um abraço por um beijo… topa?

Conselhos aos filhos e abraços às mães

Neste segundo domingo de maio celebramos o dia das mães, então quero aproveitar a oportunidade e deixar uma mensagem tanto para as mães quanto para os filhos.
Sei que, para muitos, essa data marca as pessoas de várias formas: para uns, saudade; para outros, nostalgia e, para outros ainda, doces recordações, entre outras. Quantos desejariam passar esse domingo com sua mãe, mas, infelizmente nem todos que têm essa grata oportunidade aproveitam esse dia tão especial.
Quantas mães hoje vivem abandonadas, desprezadas ou tratadas como desconhecidas dentro de sua própria casa? Triste quadro: mães que dedicaram a vida a um filho que, depois de adulto e crescido, não lhe dá um mínimo de valor. Ainda há mães que são tratadas com grosseria e indiferença.  Nossa, isso me corta o coração! Quase choro só de pensar nisso…
Acredito que ninguém tem a capacidade de influenciar a vida de um ser humano como sua mãe. Veja exemplos práticos dessa verdade: Napoleão Bonaparte disse, “Deixe a França ter boas mães, e ela terá bons filhos.” Abraão Lincoln certa vez declarou: “tudo o que sou e espero ser devo a minha  mãe”. A conversão de Agostinho é fruto das orações persistentes de sua mãe, Mônica.
Você, mãe, pode ter em seu colo um herói da fé e não sabe. Crie-o para ser aquilo que Deus projetou para a vida dele.
Deus fez as mães para:

  •  participarem do milagre da vida;
  • edificar um lar saudável;
  • distribuir amor, atenção, cuidado, proteção e carinho;
  • moldar o caráter dos filhos; e,
  • ser benção na família e na sociedade.
Em contrapartida, cada vez mais as mães precisam tomar as rédeas sozinhas,  seja por motivo de morte do cônjuge, separação, por ser mãe solteira, pais ausentes, etc. Educar o filho sozinha, assumindo o papel de pai e mãe, se torna muitas vezes um fardo pesado. Sim, muito pesado, mas não impossível de carregar. Deus promete aliviar a bagagem das mães cansadas.
Vinde a mimtodos os que estais cansados e sobrecarregadose eu vos aliviarei.” (Mateus 11:28)

Conselho aos filhos e filhas

Salomão foi um dos homens mais sábios da Bíblia e, no livro de Provérbios, já  em seu primeiro capítulo, ele nos dá um conselho muito valioso:

“Filho meu, ouve a instrução de teu pai, e não deixes o ensinamento de tua mãe, porque serão como diadema gracioso em tua cabeça, e colares ao teu pescoço”. Provérbios 1:8-9
Às meninas, mulheres e moças (independente da idade), eu aproveito o dia de hoje para dizer: não perca a oportunidade de fazer de sua mãe sua MELHOR AMIGA. Saiba que vocês podem viver momentos intenso e incríveis juntas! Com ela, você aprenderá as melhores lições que uma “mulher” precisa saber ao longo da vida. Invista nessa amizade e não tenha medo de contar seus receios, temores, sonhos… com certeza ela já viveu experiências bem parecidas e vai te entender!
Aos rapazes o conselho seria: que amem a sua mãe, que a honrem com suas atitudes, que a surpreendam com seus pequenos gestos, que aprendam com sua sensibilidade e que tenham a convicção que através dela você está sendo moldado para tratar bem a sua futura esposa. Bom filho, bom marido! Não dizem que para ter a certeza que o rapaz será um bom marido é só avaliarmos como ele trata sua mãe? Pois é bem assim mesmo!
Se por acaso você mãe, e está passando dificuldades no relacionamento com seu filho, meu conselho seria: Não desista dele (ou dela), pois você é instrumento de Deus para ser benção na vida dele!
Deus outorgou aos pais que oram, o direito e o poder de fazer a Sua bênção chegar a nós, filhos! Pense nisso com carinho.
Fica aqui meu carinho, respeito, admiração à todas vocês mães que insistem em querer o bem de seus filhos.

Parabéns para todas as Mães!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *