Papa quer a igreja como uma “casa de portas abertas”

Francisco mencionou também as ideias que repete desde que chegou ao Vaticano

O papa Francisco pediu nesta quinta-feira aos padres católicos de todo mundo que transmitam “alegria” a seu redor e transformem a igreja em uma “casa de portas abertas”.

“A disponibilidade do padre faz com que a igreja seja uma casa de portas abertas, refúgio dos pecadores, lar para os que vivem na rua, casa de auxílio para os enfermos, camping para os jovens”, disse o pontífice.

Durante a celebração na basílica de São Pedro da missa crismal da quinta-feira da Semana Santa, três dias antes da Páscoa, Francisco disse aos padres que eles só podem conservar a “alegria” caso não se fechem em si mesmos e recebam a ajuda do povo e dos fiéis.

Esta alegria está vigiada, segundo o papa, por três “irmãs”, “sor pobreza, sor fidelidade e sor obediência”.

As palavras do papa nesta missa são consideradas tradicionalmente as ordens do Vaticano aos sacerdotes em todo o mundo.

Francisco mencionou também as ideias que repete desde que chegou ao Vaticano, como a recusa da autossatisfação, o perigo do afastamento da realidade e a busca da austeridade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *