MAIS UM FINAL DE ANO E ANO NOVO – TEMPO DE REFLEXÃO

Reflexões para o final de ano!

O início de um ano novo está carregado de simbolismo espiritual. São momentos de encontro com nós mesmo e com as pessoas queridas. São dias de reflexão, de introspecção, de recordações e de encontros com nós mesmos. Fechemos a cortina do que ficou para trás em nossa vida e façamos um balanço do ano que termina, agradecendo todas essas experiências que engrandeceram nosso espírito para pedir que se cumpram nossos propósitos no ano que começa.

O ano de 2013 está chegando ao fim. Com certeza, todos vivenciaram momentos que só nós sabemos o quanto foram especiais e importantes para o nosso amadurecimento e aprendizado.

Sempre costumo fazer um balanço de tudo o que fiz e vivenciei. E você? Que tal reservar um tempo para refletir sobre tudo que aconteceu em 2013? Isso é fundamental para nos reconhecermos melhor e colhermos ainda mais frutos no ano que virá!

Quais foram os caminhos que te levaram para suas conquistas? Sempre é bom repetir a fórmula do sucesso, não é?  Tente relembrar todas as estratégias e atitudes que realizou, as que funcionaram para que você conseguisse conquistar todas as coisas boas que aconteceram nesse ano que está terminando. Quando fazemos isso, conseguimos saber quais são os nossos pontos fortes, onde estão as nossas maiores qualidades e, assim, saber como agir em relação aos próximos desafios.

Quais foram as pessoas que tiveram importância e que estiveram ao seu redor? Quais foram as pessoas mais marcantes para você neste ano? Faça uma reflexão da importância de cada uma delas em sua vida. Veja o que elas ensinaram e o bem que te fizeram. As pessoas que nos amam e são especiais para nós sempre entram em nosso caminho por alguma razão. Razão essa que no fim das contas, irá sempre nos fazer evoluir.

Procure eliminar as mágoas do passado! Não vale a pena guardar rancor. Para começar o ano com o pé direito, precisamos limpar nosso coração e seguir adiante. Se te magoaram no passado, perdoe. Não fique se martirizando por algo que já aconteceu. Todos nós erramos, como todo ser humano. O importante é você saber quem você é e aonde quer chegar. Tente superar todas as coisas negativas que aconteceram neste ano. Valorize as boas, as especiais, que te trouxeram alegrias. Elas sim precisam nos acompanhar sempre, pois iluminam nossos dias e engrandecem nossas vidas!

MAIS UM FINAL DE ANO – TEMPO DE REFLEXÃO

Em cada ano que termina, observamos em todas as mídias uma infinidade de notícias que, conforme a opinião de cada uma, foram relevantes para a população em geral.

É verdade que certos fatos realmente mudam a vida de muitas pessoas e até de muitos países, porém nesta reflexão de final de ano caberia a pergunta:- o que mudou realmente em mim, na minha vida, no meu interior? A resposta para esta pergunta é que deveria ser a grande notícia, pois a somatória dos sentimentos humanos e suas mudanças é que fazem o mundo “girar” no sentido correto ou não.

Vamos dar asas à nossa fantasia e imaginar que dentro da ONU pudesse haver um acordo de que todos os países participassem em igualdade de condições das suas decisões e que os países mais avançados se comprometessem a não olhar mais os mais pobres como simples mercado a ser explorado, mas como uma nação que deveria ser ajudada a fim de diminuir as distâncias sócio-econômicas existentes. É claro que essa ajuda não teria fins demagógicos e eleitoreiros como de certo país e de um governo que conhecemos muito bem.

MAIS UM FINAL DE ANO – TEMPO DE REFLEXÃO

Será que estaríamos aplicando o mandamento de “ame ao teu próximo como a ti mesmo”? Com certeza estaríamos aplicando sim. E a partir daí, não veríamos mais aquelas fotos impressionantes de crianças esquálidas e sujas que tanto nos impressionam, mas, que não mexemos um único dedo para mudar de situação.

Já tivemos oportunidade de afirmar de forma taxativa que o poderoso, aquele que detém o poder é que deve servir e não ser servido. Aquele homem ou aquela nação que tem o poder sobre os outros não deveria pensar em explorar o seu semelhante e sim dar-lhe condições de se igualar e usufruir das mesmas riquezas que ele próprio usufrui.

Em todas as revoluções religiosas e político-sociais a palavra de ordem sempre foi o princípio da igualdade. Jesus pregou o amor incondicional do homem a Deus e a seu semelhante; na revolução francesa as palavras de ordem eram:- “liberdade, igualdade e fraternidade”; nos idos de 1517, na Alemanha, um monge chamado Martinho Lutero, mesmo sem querer dividir a Igreja Católica acabou iniciando um movimento que deveria diminuir o distanciamento do clero da época em relação ao povo e iniciando uma nova direção para os fiéis e mesmo na chamada Inconfidência Mineira o que se via era a vontade de se igualar em direitos à coroa e não mais, ser explorado pela mesma. Pelo que se vê, desde que o mundo é mundo, o homem explora o outro homem, aproveitando-se do seu poder em relação à fraqueza do outro.

Voltando ao início dos nossos tempos, analisando o que nos ensinou Jesus, bastaria que seguíssemos os seus dois mandamentos fundamentais:- “amar a Deus sobre todas as coisas e ao teu próximo como a ti mesmo”, para que pudéssemos rasgar todas as Leis Constitucionais, Regras de conduta, Regras de educação, pois, em caso de discórdia entre dois seres ou dois países, o que prevaleceria seria o respeito mútuo, o amor em relação ao seu semelhante. O que eu não quero para mim eu não faço a ninguém.

Com um único Decreto, com uma única “canetada”, os senhores “todo poderosos” que comandam todos os países poderiam ter o poder de igualar todos os sentimentos humanos em uma única notícia:- Toda a humanidade se junta em uma única oração de amor ao seu semelhante e se propõe a igualar as suas diferenças sócio-econômicas, independente de suas religiões, raça, cor ou regiões em que habitam.

Esta notícia deveria ser publicada em todos os Órgãos de Imprensa e Redes Sociais do mundo inteiro e repetida de boca em boca até que todos os habitantes deste nosso planeta tivessem a absoluta consciência de que esta seria a melhor, mais bombástica e mais perfeita notícia desde o início da existência do homem nesta Terra em que vivemos.

Enfim, minha gente, sonhar, graças a Deus, ainda não é proibido

ANO NOVO

Chegamos ao final de mais um ano! E o ano-novo tomou conta do calendário. Pela graça do nosso bom Deus vencemos mais uma vez! As lutas vieram, mas triunfamos, no Senhor Jesus, sobre todas elas. Jesus nos fez vencedores em tudo! Atravessamos vales escorregadios, desertos causticantes, tempestades bravias, montanhas que pareciam intransponíveis e saímos ilesos porque o Senhor esteve conosco!

Este é um momento oportuno para refletirmos sobre o ano que passou. Com certeza muitas coisas boas e ruins aconteceram, mas em todas elas tivemos experiências que marcaram nossa vida para sempre. Para nós, que cremos na soberania de Deus, nada nos aconteceu por acaso, mas tudo teve um fim proveitoso. Como disse o apóstolo Paulo aos Romanos: “todas as coisas contribuem para o bem daqueles que amam a Deus”. Às vezes não entendemos certos acontecimentos, mas mesmo assim devemos ter o espírito de gratidão ao Pai, pois temos consciência de que Ele, com sabedoria infinita, controla todas as coisas.

Um novo ano nos espera e com ele a esperança de dias melhores. As expectativas são muitas. Porém, o que acontecerá só Deus sabe! No entanto, acreditamos que Deus continuará nos abençoando.

A passagem de ano é um bom momento para projetar nosso futuro, sabendo que “O homem faz planos, mas a resposta certa vem dos lábios do Senhor”, como diz a Palavra de Deus em Provérbios. Nesta oportunidade, queremos convidá-lo, juntamente com sua família, para fazer um projeto de vida. Um projeto a curto, médio e a longo prazo, colocando no papel aquilo que você deseja, não esquecendo sobretudo do lado espiritual, pois ele é fundamental. A Bíblia diz: “Buscai primeiro o Reino de Deus e as demais coisas serão acrescentadas”.

O problema de muitas pessoas é que costumam deixar Deus em segundo plano e o resultado é uma vida embaraçada, enrolada, atrapalhada em todos os sentidos. O salmo 34 diz: “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nEle e o mais Ele fará”. Confia no Senhor Jesus e Ele cuidará dos detalhes de sua vida no ano que estamos iniciando! Que Deus nos abençoe e nos faça prosperar!

AOS MEUS AMIGOS, IRMÃOS E FAMÍLIA, DESEJO A TODOS VOCÊS UM ABENÇOADO E FELIZ ANO DE 2014

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *